• ABM

Nada X Zero

No meio da aula de sei eu, direito tributário das concessões governamentais, a matéria tediosa, a sonolência imperando, o professor grita:


Sexo!


Onde? Como? Eu também quero! Uma balburdia. É das melhores técnicas que há para chamar para si a atenção quando o tema ou os alunos é ordinário. Que armadilha do idioma!; o certo é “o tema ou os alunos É ordinário ou “SÃO” ordinário? O corretor automático me obriga a usar o “É ordinário”; ele deve saber mais do que eu, fica o “É”.


Porque que eu escrevi isso mesmo? Ah, lembrei: queria mostrar para você o “quem que te mandou tomar conhaque com tíquete que eu te dei pro leite, quieta que eu quero ouvir Flamengo e River Plate..”


Cá para nós, o sujeito que rima leite com River Plate merece senão a nossa estima ao menos a nossa coragem de querer torná-lo eterno. Igual àquela cena antológica do “Amadeus” do diretor Milos Forman em que o já velho Antonio Salieri, prestes a receber a extra-unção, toca para o padre várias de suas composições e ele não reconhece nenhuma; de repente, sugere: “tan, tan, tan tan, tan: - tantan, tantan, tantan”, “Essa eu conheço!”, suspirou o padre, “- Não sabia que era sua!” – “É de Mozart”, respondeu um desolado Salieri, maldizendo o Criador, por se manifestar na terra dentro da figura miúda e obscena do inumano, do sobrenatural Mozart.


É assim a vida; um chama a atenção de uma sala de aula dispersa, outro rima improvável com nata, um ainda adverte o Criador porque não tolera a injusta distribuição do talento, injusta porque não foi dado para ele, quero crer.


Pronto, acho que consegui. Como não tinha absolutamente nada para dizer, oco de idéias, fui emendando essa colcha de retalhos, pedaços de memória. Se não o agradou, proteste, brigue, faça o diabo. Só não me tome como um ser desprezível nem me compare com o ditador do bom Zimbábue, Robert Mugabe, porque por mais cara de pau que eu seja, não me candidataria numa eleição sem concorrente, exceto se fosse uma eleição para substituir o Divino...


Vamos pra Bahia, dengo


Vamos ver o sol nascer,


Vamos sair na bateria


Deixe de chilique


Deixe de siricotico...





Posts recentes

Ver tudo