• ABM

Torres da Liberdade e a Culpa de Deus

No dia 11 de setembro, haverá uma efeméride... efe o quê? Vamos ao dicionário: do Latim. ephemeride ou Grego. ephemerís, registro de fatos sucedidos dia a dia em diversos anos e lugares.



Aquele 11 de Setembro de 2001 merece as comoções. Como também merecem comoções as milhares de pessoas que morrem na África diariamente por inanição, falta de remédios; falta de humanidade.



Fui ver o filme “Vôo 93”, o único dos aviões que não atingiu seu alvo. É agonizante. Excruciante. Atemorizante. E eu não estava a bordo, estava a salvo em plena sala de projeção.


Eventos como este são divisores de tempos na história humana. A espetacularidade da operação, filmada e acompanhada em tempo real, fez mais trágica a tragédia. Era tudo o que os terroristas queriam: visibilidade. Conseguiram.



Imaginem se fossem filmadas as conquistas de Gengis Khan as caravelas de Colombo singrando os mares do sul; a frota holandesa de Maurício de Nassau avistada no monte dos Guararapes; os sofrimentos do Cristo pendurado no madeiro.



Por conta deste evento, houve duas guerras, segurança redobrada nos aeroportos, atentados em Madri e Londres e os próximos que estão por vir; falta a Itália ser atacada o que, infelizmente, deve ocorrer em breve.



Os terroristas chamam os americanos de infiéis. No filme, é enfatizada a oração que eles fazem na tensão máxima dizendo “Senhor” isso “Senhor” aquilo. Malversam o nome “SENHOR”, fica a sensação de que Deus é o culpado, o inspirador da barbárie. E não é.


Qual será o próximo 11 de Setembro? Quem o irá perpetrar? O Islã com seus fanáticos, a Coréia do Norte, o Irã ou o Ocidente que se enxerga como vítima de alucinados religiosos? O mundo está um lugar hostil; nós somos hostis para com o próximo. Somos intolerantes, incapazes de aceitar os “diferentes”.


Deus presenteou a Saturno com um anel reluzente que fulge no espaço infinito; não está na hora de Ele nos presentear reorganizando Ele mesmo as coisas do mundo, pois vejo que quanto mais o homem tenta organizar-se só causa mais pranto, temor e destruição.




Posts recentes

Ver tudo