• ABM

Ao Mundo de Mozart

Feliz é o artista cuja única falha reside no excesso de perfeição. Deus precisou dele para introduzir-se no mundo. Eu acredito em três coisas; em Deus, Mozart e em Beethoven. Que imagem de um mundo melhor tu nos deste, Mozart!; diante de Mozart, toda a minha ambição se transforma em desespero.



11/12.Na cidade de Bragança Paulista uma dupla de criminosos, após consumar um roubo, queima vivos dentro de um carro a dona da loja roubada, o marido desta e o filho do casal de 5 anos e a gerente da loja. A gerente que conseguiu quebrar o vidro e tirar o pequeno das chamas foi a única sobrevivente.



Como diretor, minha definição de paraíso seria a de ficar perpetuamente ensaiando as óperas dele. Para Mozart, o mais alto e delirante elogio é ainda excessivamente comedido. Ele demonstrava uma força criadora de tal magnitude que se pode dizer que ele se livrava de uma obra-prima após a outra. Em meus sonhos sobre o céu, vejo onde todos os mestres residem; só Mozart tem sua própria suíte.



14/12.Parlamentares aumentaram seus salários em 91,4%; no entanto, discute-se um reajuste de 3,8% (três vírgula oito por cento) para o salário-mínimo.



Ele é a felicidade antes de ela ser definida. Digo aos meus alunos, que quando o mundo me deprime, duas coisas fazem minha vida valer a pena: Mozart e a física quântica. Diálogo entre papai Mozart e seu filho de 4 anos:



-O que você está fazendo?


-Escrevendo um concerto para cravo. Já está quase pronto.


-Mostre aqui.


-Ainda não está acabado


Vê amiga leitora? Mozart aos 4 anos escrevia concertos; eu à mesma idade, ignorava a própria existência.






15/12. Todos os políticos envolvidos no esquema de compra de ambulâncias superfaturadas (Sanguessugas) foram absolvidos; Lula, apesar de irregularidades nas contas da sua campanha, foi diplomado presidente da República pelo TSE.



O pai de Mozart disse ao amigo após o pequeno Wolfgang terminar de escrever o concerto:


-Veja Herr, como tudo está correto; só que não pode ser tocado; é tão difícil que ninguém poderá executar.


-É por isso que é um concerto, interrompeu o menino, é preciso ensaiar até conseguir.



Flaubert: “Há três coisas no mundo que amo mais que tudo: o mar, Hamlet e Don Giovanni” (ópera de Mozart).



Escrevi esse texto entre aborrecido e encantado (pleiteei aos céus um descanso da barbárie terrena); ouvindo Adagio-Allegro Spirituoso música que foi minha introdução ao mundo deste fragmento divino chamado Mozart; há nele essa substância misteriosa mesmo; vá a uma banca de jornal ou uma loja, dispa-se de pré-qualquer-coisa e saboreie; a vida ganha outro tom, quando li isto do Paulo Francis: “Você já viveu sem ter ouvido Wagner?” pensei que fosse presunção elitista; não é.



Acabei de devorar uma biografia de Mozart e como me falta conhecimento técnico para escrever sobre ele e sua Arte, reproduzi alguns pontos para dividir com você; ouvindo-o ele me aliviou por instantes desse mundo hostil, em Mozart, quase há um sentido para o dessentido da vida.



“Eu gostaria de ter ouvido minha Flauta Mágica mais uma vez” – Mozart em seu leito de morte em dezembro de 1791.





Posts recentes

Ver tudo